HISTÓRIAS SOBRE CAIM, EM VÁRIOS TEXTOS APÓCRIFOS (PROFESSOR HUDSON )

HISTÓRIAS SOBRE CAIM, EM VÁRIOS TEXTOS APÓCRIFOS (PROFESSOR HUDSON )
Acadêmico

06/02/2021

 HISTÓRIAS SOBRE CAIM, EM VÁRIOS TEXTOS APÓCRIFOS
Quando comecei a ler a Bíblia, isso há uns 60 anos, certas passagens me intrigavam. Se Adão e Eva eram os primeiros seres humanos criados por Deus, com quem Caim casou depois de matar seu irmão Abel? Que terra de Nod era aquela onde ele foi morar? Com quem casou o filho de Caim? Por que ele construiu uma cidade só para três pessoas: ele e mulher e o filho Enos?
Então fui pesquisar, encontrado dezenas de livros apócrifos hebreus, onde sacerdotes ou escribas que tinham as mesmas indagações minhas, foram criando histórias para explicar ou preencher todas as lacunas que a Bíblia deixava em aberto. Entre eles estão “O Primeiro Livro de Adão e Eva”, “O Segundo livro de Adão e Eva”, “A Caverna do Tesouro”, “A Vida de Adão e Eva”, “Sobre a Origem do Mundo”, “O Livro dos Jubileus”, assim como muitos comentários encontrados entre os “Manuscritos do Mar Morto” como: o “Gênesis Apócrifo”, encontrado na primeira caverna (1Q) , “Jubileus”, encontrado na décima primeira caverna (11Q), e vários outros.
Eis como a história de Caim é contada em outros livros apócrifos:
Em “A Caverna do Tesouro”. Capítulo 5:
6 – Quando Adão sentiu desejo de conhecer (copular com) Eva, foi buscar nos limites do Paraíso ouro, mirra e incenso, colocou-os na caverna, abençoando-a e consagrando-a, para que fosse a casa de oração para si e seus filhos, e chamou-a a “Caverna do Tesouro”. Depois disso, Adão e Eva desceram daquela colina santa até os seus limites inferiores, e lá Adão conheceu (copulou com) a sua mulher Eva.
7 – Esta concebeu e deu à lua Caim, juntamente com sua irmã Labuda. Depois engravidou mais uma vez, e deu à luz Abel e sua irmã Celimat. Quando os filhos já estavam crescidos, disse Adão a Eva: “Caim deverá casar-se com Calimat, que nasceu junto com Abel, e Abel, com Lebuda, nascida com Caim!”
8 – Então Caim falou para sua mãe Eva: “Eu me casarei com a minha irmã, e Abel deve casar-se com a sua”. Lebuda era realmente bonita. Quando Adão escutou essas palavras ficou grandemente irado e disse: “Se casares com a irmã que nasceu contigo, será uma transgressão do Mandamento.
Então Adão pediu que os irmãos subissem até a “Caverna dos Tesouros” e oferecessem sacrifícios a Deus. Então Satã entrou no corpo de Caim e induziu esse a matar a Abel, por cauda de Lebuda, e porque seu sacrifício não tinha agradado a Deus.
11 – Quando desceram à planície, Caim levantou-se contra o seu irmão Abel, e matou-o golpeando-o com uma pedra de piquete. Imediatamente caiu sobre ele uma sentença de morte. Viveu na angústia todos os dias da sua vida, e Deus expulso-o para as terras de Nod. Então ele tomou sua irmã consigo e foi morar naquela região.
Sendo Adão e Eva puros e sem maldade, embora fora do Jardim do Eden, os cronistas da Bíblia não entendiam como Caim teria se tornado tão mau a ponto de assassinar o próprio irmão. Para isso contam que Satã, vendo Adão e Eva copulando, sentiu grandes ciúmes, jurou: “Destruirei Adão, desposarei Eva e Governarei o mundo”. Esperou que Adão dormisse, copulou com Eva e ela concebeu Caim.
Eis como o livro “A Vida de Adão e Eva” conta isso:
“Eva arrependeu-se de sua infidelidade e bradou entre lágrimas: “Ai de mim, Adão, pois pequei! Expulsa-me da luz da tua vida. Irei para o Ocidente, para lá esperar a morte”. Três meses depois, tendo chegado ao Oceano, Eva juntou galhos e construiu uma cabana. Quando as dores do parto lhe sobrevieram, ela rezou a Deus para que logo chegasse a sua hora, mas em vão, e tudo que conseguiu fazer foi pedir ao Sol e a Lua que constassem a Adão sobre os apuros que estava passando, em seu próximo circuito para o Oriente. E assim eles fizeram. Adão correu para o lado de Eva e, encontrando-a ainda em trabalho de parto, juntou suas preces às dela. Deus mandou dois anjos e duas Virtudes, todos liderados por Miguel, que ficaram à direita de Eva, afagando-lha o rosto e o colo, até que ela deu a luz”. (Vida de Adão e Eva: 18-21)
Outra versão está no livro “Jubileus”, encontrada na caverna 11, de Qumram:
“E no quarto ano da quinta semana eles se alegraram e Adão conheceu (copulou) de novo (com) sua mulher e ela lhe pariu um filho e ele o chamou Set, porque disse: Javé nos suscitou uma semente na terra, outra em lugar da Abel, já que o matou Caim. Na sextas semana engendrou Azura, sua filha. E Caim tomou sua irmã Awan por sua mulher e ela lha pariu Enos no final do jubileu quarto. No primeiro ano da primeira semana do jubileu quinto construíram casas na terra e Caim construiu uma cidade e lhe deu o nome de seu filho Enps. E Adão conheceu (copulou com) Eva sua mulher e ela lhe pariu ainda nove filhos. E na quinta semana...” (aqui há uma falha do pergaminho).
E assim, de livro em livro, texto em texto dá para ir conhecendo parte das histórias de Adão e Eva, de Caim e seus filhos, netos e descendentes que não estão narrados na Bíblia. Como todos esses textos são posteriores ao texto final do Gênesis que foi elaborado entre os anos 500 a 300 a.C, sabemos que são apenas histórias imaginadas por escribas que não satisfeitos com os textos sucintos e resumidos do texto “oficial” resolveram com suas imaginações preencher essas lacunas.
Voltamos novamente para o livro: “A Caverna do Tesouro”. Capítulo 8:
2 – Nos dias de Enos, no seu oitocentésimo vigésimo ano, Lamech, o cego, matou o assassino de Abel nos campo de Nod. Sua morte ocorreu da seguinte maneira: Lamech guiava-se pelo seu filho, um menino, e esse menino dirigia-lhe o braço em direção da caça, toda vez que descobria alguma. Foi quando ouviu-se a voz de Caim, que perambulava pelo mato, pois em parte alguma ele tinha paz.
3 – Lamech, porém, cego, tomou-o por uma fera que perambulava pelos matos. Então levantou o braço, preparou seu arco, retesou-o e disparou naquela direção. Acertou Caim entre os olhos, e este caiu e morreu. Contudo Lamech julgava haver acertado uma fera, e disse ao menino: “Vamos até lá para ver que anima acertamos!”
4 – Quando chegaram e verificara o ocorrido, disse-lhe o rapaz que o guiava: “Aí, meu senhor! Tu mataste Caim.” Então ele fez um gesto, batendo as suas mãos uma conta a outra, e com isso acertou o menino, que morreu na hora.
Enos (3873-2968 a.C.) era filho de Set (3978-3066 a.C.) e neto de Adão (4108-3178 a.C.). Os 820 anos de Enos, corresponde ao ano 3053 a.C.  E assim terminou a história e a vida de Caim, que havia matado seu irmão Abel.
FONTES:
Textos de Qumran – Florentino Garia Martinez – Vozes – Petrópolis-RJ
O livro do Gênesis – Robert Graves e Raphale Patai – Xenon – Rio de Janeiro-RJ
Apócrifos e Pseudo-epígrafos da Bíblia – Org. Eduardo Proença – Fonte – São Paulo-SP


Posts Relacionados

Núcleo de Teologia em Piratininga

Núcleo de Teologia em Piratininga

Alunos abençoados do Núcleo 005.  Nós da FAPEG não temos palavras

→ Leia mais...
Na Grécia Antiga, as mulheres eram proibidas de estudar medicina.

Na Grécia Antiga, as mulheres eram proibidas de estudar medicina.

Na Grécia Antiga, as mulheres eram proibidas de estudar medicina. Agnodice, u...

→ Leia mais...
Justificação pela fé na visão de John Wesley

Justificação pela fé na visão de John Wesley

O juízo divino é feito sempre em nome da verdade e da equidade.  Na ótica

→ Leia mais...
William Rodrigues

William Rodrigues


Prof.: William Rodrigues Professor e coordenador pedagógico da FAPEG Graduado em Teologia pela (Faecard) Graduado em Superior em negócio imobiliário pela (UNESA) Acadêmico de Direito (UNESA ) Pós Graduado em Teologia do Novo Testamento Pela Fatun Quem sou: casado, 31 anos de idade membro da – Igreja Assembleia de Deus Ministério Tempo Para Todos. dedico meu tempo a minha Família meus estudo e trabalho e ao magistério e principalmente no ensino da palavra do Eterno com amor e afinco. Meu principal objetivo como professor: Gosto de propor pensamentos ao universo cristão e através disso fazer com que meus alunos cresçam e se desenvolva no ambiente do pensamento e galgue patamares alto.

→ Veja o Perfil Completo